Tel: +34 932 310 811 - surisa@surisa.es

Termómetros para frigoríficos de medicamentos

Determinados medicamentos necessitam de ser mantidos a uma temperatura específica para se garantir a sua qualidade e efetividade. Por este motivo, os termómetros para frigoríficos de medicamentos são uma alternativa segura e eficaz para que sejam adequadamente conservados durante o transporte.

Trata-se dos chamados medicamentos termolábeis, que necessitem de ser mantidos na margem dos 2 aos 8°C desde o momento em que saem dos laboratórios até à sua utilização. Neste sentido, não basta um termómetro que indique a temperatura do momento, mas também será importante um indicador de temperatura que garanta que as condições necessárias para a boa conservação se mantiveram.

Principais produtos para frigoríficos de medicamentos

Conservação de medicamentos termolábeis

Na conservação de medicamentos termolábeis é necessária a refrigeração. Por exemplo: as vacinas, os preparados biológicos e os reagentes para determinadas análises clínicas devem ser mantidos abaixo de determinados graus em particular. A temperatura de armazenamento de medicamentos, nestes casos, requer que não se rompa a chamada cadeia de frio, dado que se poderia estar pôr em risco os doentes que façam uso deles.

Por este motivo, a utilização de indicadores e sensores de frio é muito importante, para que a temperatura de refrigeração de medicamentos seja estável e esteja controlada. Os indicadores para a cadeia de frio são compostos por sensores de temperatura e foram concebidos para se controlar e verificar o bom estado de conservação dos produtos. Isto é, a sua função consiste em garantir que a temperatura de medicamentos refrigerados foi mantida.

Desta forma, garantem aos fornecedores que a temperatura para conservação dos medicamentos foi mantida em boas condições, pelo que se respeitou a cadeia de frio. E, além disso, é uma forma de se certificar ao cliente final, mediante um controlo de temperatura, que recebem o produto com a máxima qualidade.

Porque é que a manutenção da temperatura para medicamentos é importante?

Uma das fases mais delicadas para a manutenção da cadeia de frio ocorre durante o transporte, isto é, antes e depois da retirada dos produtos dos armazéns. Caso se mantenha o medicamento fora da sua temperatura recomendada, mesmo que seja durante um curto período de tempo, isso poderá afetar em grande medida, dado que alguns medicamentos podem reproduzir micro-organismos patogénicos.

Outra alternativa muito eficaz para se garantir que a temperatura recomendada foi respeitada é a dos indicadores de temperatura irreversíveis ou termómetros para frigoríficos de medicamentos. Trata-se de termómetros adesivos que controlam a temperatura máxima alcançada, mudando de cor. São irreversíveis, o que significa que, quando alcançam uma determinada temperatura, a mudança de cor permanece inalterável e, por isso, são uma garantia para a cadeia de frio.

Em última análise, deve-se prestar atenção e utilizar termómetros para frigoríficos de medicamentos durante o transporte até à sua chegada ao destinatário. São uma prova real e inalterável de que se manteve o frio necessário para a conservação correta dos medicamentos que necessitem de ser mantidos a determinados graus centígrados. Só desta forma é que se conseguirá saber se os produtos continuam a manter corretamente as suas propriedades, sendo eficazes para os doentes que os utilizem.